Estado Islâmico sugere ataques com drones e veneno nos Jogos Olímpicos do Rio - Polícia - Hora

Versão mobile

Ameaça21/07/2016 | 10h00Atualizada em 22/07/2016 | 11h51

Estado Islâmico sugere ataques com drones e veneno nos Jogos Olímpicos do Rio

Consultoria especializada SITE Intelligence encontrou mensagens do grupo radical no aplicativo Telegram

Estado Islâmico sugere ataques com drones e veneno nos Jogos Olímpicos do Rio Gilberto Alves/Divulgação,Ministério da Defesa
Foto: Gilberto Alves / Divulgação,Ministério da Defesa

Grupos jihadistas, como o Estado Islâmico, sugerem a seus seguidores que atuem como lobos solitários e promovam ataques terroristas durante a Olimpíada do Rio de Janeiro, que começa em agosto. Os principais alvos seriam as delegações de EUA, Inglaterra, França e Israel, bem como suas torcidas. As técnicas indicadas vão desde o uso de drones com explosivos até acidentes de trânsito e veneno. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

A consultoria SITE Intelligence, referência no tema, identificou as mensagens no Telegram, aplicativo de mensagens usado desde junho pelo Estado Islâmico para a disseminação de propaganda jihadista em português. Desde então, seguidores do grupo passaram a disseminar a incitação de atos terroristas por um grupo que se autointitula "Ansar al-Khilafah Brazil", que se apresenta como baseado no país. Em outro alerta, a SITE Intelligence avisa que o canal jihadista também está citando o atentado nos jogos de Munique como exemplo de ação que pode ser feita no Brasil.

Leia também:
Plano terrorista no Rio não é verdadeiro, diz governo francês
Grupo brasileiro declara lealdade ao Estado Islâmico

De acordo com o jornal, as mensagens sugeriam que os seguidores aproveitassem as favelas e a fronteira com o Paraguai, que qualificada como "porosa", para trazer armas ao país. O EI também diz que os vistos de entrada no Brasil são fáceis de obter. A orientação da consultoria SITE seria que o governo brasileiro não ignore nenhuma ameaça e que se mantenha alerta às redes sociais.


 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros