Hollande estende estado de emergência e anuncia medidas - Polícia - Hora

Versão mobile

Ataque em NIce14/07/2016 | 23h26Atualizada em 15/07/2016 | 10h33

Hollande estende estado de emergência e anuncia medidas

"Foi um ataque com a intenção de matar, esmagar, massacrar", disse o presidente francês

Hollande estende estado de emergência e anuncia medidas AFP/TF1
Foto: AFP / TF1

O presidente francês, François Hollande, anunciou três medidas para tentar estancar a sequência de atentados que vem assolando a França. Segundo o chefe de Estado, será mantido o mais alto nível de segurança com a manutenção da Operação Sentinela, que permite ao governo movimentar 10 mil militares para combater ações terroristas. 

Também serão convidados a reintegrar as forças armadas e reforçar o efetivo todos os civis que estão na reserva, ou seja, que em algum momento estiveram "servindo a bandeira da França". A terceira medida anunciada foi o prolongamento por mais três meses do estado de emergência, que se encerraria no dia 26 deste mês.

— Nada nos fará ceder da nossa vontade de lutar contra o terrorismo. E continuaremos atacando aqueles que nos atacam em solo europeu _ disse Hollande.

Leia mais
"Parece ser um horrível ataque terrorista"
Caminhão atropela multidão e deixa dezenas de mortos em atentado na França
Mortes ocorreram durante festa

Conforme o presidente francês, há uma força tarefa para atender as pessoas feridas e as famílias dos 84 mortos. A inteligência policial concentra esforços em identificar o motorista do caminhão e possíveis cúmplices. 

— O caráter terrorista não pode ser negado. É de uma violência absoluta. Está claro que devemos fazer de tudo para lutar contra a praga do terrorismo.

Foto: Arte ZH / RBxS

Hollande prometeu visitar Nice nesta sexta-feira para "mobilizar todos os meios necessários".

— Foi um ataque com a intenção de matar, esmagar, massacrar — disse o presidente francês.


 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros