Polícia Civil prende suspeito da morte de agente penitenciário - Polícia - Hora

Versão mobile

Investigação20/07/2016 | 17h07Atualizada em 20/07/2016 | 17h13

Polícia Civil prende suspeito da morte de agente penitenciário

Outra duas pessoas são procuradas pelo assassinato de Misael Baruffi, em Florianópolis.

Polícia Civil prende suspeito da morte de agente penitenciário Divulgação / Arquivo pessoal/Arquivo pessoal
Misael Baruffi foi assassinado a tiros em Florianópolis no dia 12 de junho. Foto: Divulgação / Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Florianópolis prenderam em Itajaí na terça-feira um homem suspeito de participar do assassinato do agente penitenciário Misael Baruffi, 31 anos. Outros dois suspeitos estão sendo procurados. A operação contou com a participação de policiais de outras delegacias.

Segundo a Polícia Civil, a Justiça decretou três prisões temporárias a pedido da Delegacia de Homicídios por envolvimento no crime, que aconteceu no dia 12 de junho, nos Ingleses, na Capital.

Os policiais também foram em endereços de dois investigados que tiveram a prisão decretada, na Vila União, mas não os localizaram. A polícia não divulgou mais detalhes. Nas buscas, houve dois flagrantes por posse de drogas e posse de arma, mas sem ligação com a morte.

O agente trabalhava há cinco anos no Presídio Masculino de Florianópolis e foi assassinado quando saiu de casa de carro (um Clio), às 7h40min de um domingo, na rua Marinho.

Conforme divulgou a Polícia Militar, o irmão da vítima, que é policial militar, relatou que Misael saiu de casa para ir à padaria e não estava armado. O crime chocou o sistema prisional na Capital.

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros