Após novo tiroteio e morte, PM prende líder criminoso no Monte Cristo, em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

Segurança28/08/2016 | 19h21Atualizada em 28/08/2016 | 19h52

Após novo tiroteio e morte, PM prende líder criminoso no Monte Cristo, em Florianópolis

Rapaz foi morto na manhã de sábado em ação que assustou moradores

Palco de constantes confrontos entre grupos criminosos, o Bairro Monte Cristo, na região Continental de Florianópolis, teve novamente um fim de semana agitado. As disputas entre os grupos que lideram as comunidades do Chico Mendes e Novo Horizonte, que ficam na região, voltaram a levar medo para os moradores.

No sábado pela manhã a população local foi acordada com uma intensa troca de tiros por volta de 7h. Um homem morreu.  Pelas redes sociais, moradores do bairro relataram que o tiroteio foi intenso, o que seguidamente tem ocorrido nas duas comunidades. A reportagem não teve acesso ao nome do rapaz morto e nem sobre os motivos do crime.

Após o crime, policiais militares apreenderam na região uma pistola 9 milímetros. À tarde o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar (PM) prendeu Douglas Rodrigues da Cunha, o Bracinho, 32 anos, apontado pela corporação como um dos líderes da Chico Mendes. Ele tinha um mandado de prisão em aberto.

Na última semana, ocorreu um confronto de criminosos com Bope. Fonte ouvida pelo Diário Catarinense afirma que depois da operação feita na Novo Horizonte em maio deste ano, em que 20 pessoas da comunidade foram presas, as lideranças da Chico Mendes passaram a tentar com mais frequência invadir a localidade vizinha para tomar os espaços.


 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros