Casa é destruída após incêndio no bairro Bom Viver, em Biguaçu  - Polícia - Hora

Versão mobile

TRAGÉDIA30/08/2016 | 17h27Atualizada em 30/08/2016 | 17h39

Casa é destruída após incêndio no bairro Bom Viver, em Biguaçu 

Conforme familiares e vizinhos, incêndio foi criminoso

Casa é destruída após incêndio no bairro Bom Viver, em Biguaçu  Leo Munhoz/Agencia RBS
Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Uma casa de alvenaria foi consumida pelas chamas na manhã desta terça-feira (30) em Biguaçu. As chamas começaram por volta das 11h na residência que fica na rua Erondina Maria Silva, bairro Bom Viver. De acordo com vizinhos e a família do morador da casa, trata-se de um incêndio criminoso.

As chamas foram controladas pelos bombeiros ainda durante a manhã e ninguém ficou ferido. O local pertence a Célio Ocker, que estava fora de casa há cerca de dois meses. Pescador, ele está na Armação da Piedade, em Governador Celso Ramos. Para o irmão dele, Carlos Alberto Ocker, não há como ter sido um acidente, já que a luz estava cortada e o botijão gás havia sido roubado há um certo tempo.

— O Célio estava com medo de morar lá. Já tinha recebido ameaças de usuários de crack que invadem a casa dele para usar droga enquanto ele está fora. Agora, está comigo na Armação — conta o irmão. 

A casa estava com muitas garrafas de cachaça vazias pelo chão, que segundo uma vizinha, foram usadas pelos usuários de drogas. Ela disse à reportagem que Célio não incomodava ninguém na vizinhança. Que pouco vinha ao local desde que separou da mulher, Lúcia Passos, há dois anos. A casa praticamente não tinha móveis. A ex-mulher atualmente mora na Coloninha e também acredita que o incêndio foi provocado por alguém, mas não tem suspeitos.

Outra vizinha que já teve problemas com os usuários de drogas instalou uma câmara de segurança em casa, que fica ao lado. As imagens podem ajudar a polícia a identificar os possíveis autores do incêndio. No entanto, ainda não foi feito o boletim de ocorrência. 

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros