Polícia prende três pessoas por sequestro em Rio Negrinho, no Planalto Norte - Polícia - Hora

Versão mobile

Violência29/08/2016 | 08h00Atualizada em 29/08/2016 | 10h47

Polícia prende três pessoas por sequestro em Rio Negrinho, no Planalto Norte

Vítima era uma mulher de 55 anos, que foi mantida em cativeiro por mais de 16 horas

Integrantes da Polícia Civil de São Bento do Sul e da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic), de Florianópolis, prenderam, no fim da tarde de domingo, dois homens e uma mulher por sequestro e roubo em Rio Negrinho, no Planalto Norte de SC. A vítima, uma mulher de 55 anos, foi resgatada com vida, em Guaramirim. Ele ficou presa em cativeiro por mais de 16 horas, na rodovia SC-108.

Leia mais notícias de Joinville e região no AN.com.br

De acordo com informações do delegado Odair Sobreira, a vítima foi sequestrada no sábado à tarde, quando saída de um salão de cabeleireiro no carro dela, um Ford Eco Sport. Às 20 horas, sem receber qualquer notícia, a família acionou a polícia. Os homens ligaram para a família por volta das 23 horas de sábado, segundo da polícia, e exigiram R$ 40 mil como resgate, com ameaças de tirar a vida da vítima.

Durante toda a madrugada e o dia de domingo, a equipe de plantão acompanhou a negociação entre a família e os criminosos. Ao mesmo tempo, realizou diligências pela região. A equipe antissequestro da Deic, coordenada pelo delegado Anselmo Cruz, deu apoio na busca pelo cativeiro e no resgate da vítima.

Por volta das 18 horas de domingo, os policiais conseguiram encontrar o cativeiro e resgatar a vítima. No local, foi preso um casal e apreendido um veículo. Um terceiro homem, que cuidava do cativeiro, também foi preso em seguida. Foram presos Evandro Bento Gonçalves, Claudemir Vaz de Oliveira e Iria Ribeiro dos Santos, pelos crimes de extorsão mediante sequestro e de roubo. Todos foram levados para a Deic de Florianópolis, onde foram autuados em flagrante.

A NOTÍCIA

Notícias Relacionadas

Violência 13/06/2016 | 12h09

Integrantes de banda punk de Joinville são atacados em São Bento do Sul

Polícia Militar informou que dois dos agressores têm a suástica nazista tatuada no corpo

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros