Cúpula da Segurança acompanha manifestação por câmeras em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

Protesto Fora Temer06/09/2016 | 19h24Atualizada em 06/09/2016 | 23h08

Cúpula da Segurança acompanha manifestação por câmeras em Florianópolis

Integrantes da Segurança Pública assistem monitoramento em tempo real do comando da PM, no Centro.

Cúpula da Segurança acompanha manifestação por câmeras em Florianópolis Divulgação / Governo do Estado de SC/Governo do Estado de SC
Foto: Divulgação / Governo do Estado de SC / Governo do Estado de SC

A cúpula da Secretaria de Segurança Pública (SSP) acompanha as manifestações na noite desta terça-feira em Florianópolis do quartel do Comando-Geral da Polícia Militar, no Centro.

A estratégia está sendo a de visualizar o ato por câmeras instaladas nas ruas, cujas imagens são transmitidas em tempo real às telas de monitoramento no comando da PM.

O secretário-adjunto da SSP, Aldo Pinheiro D'Ávila, que é delegado de polícia, foi um dos primeiros a chegar. Depois, também marcou presença o secretário titular da SSP, César Grubba, que é promotor de Justiça. Até às 19h15min não havia policiamento no trapiche da Beira-Mar Norte, onde os manifestantes estão concentrados. Depois, chegaram pelo menos 15 motos com PMs.

Participantes de atos contra o governo Temer são chamados a depor
Promotor aponta falhas em intimação de manifestantes em Florianópolis 
Segundo organizadores, protesto contra Temer levou 12 mil às ruas de Floripa

Pelas câmeras, os integrantes do comando acompanham a movimentação em áreas mapeadas como o trapiche — no início onde houve a concentração —, e em seguida terão visão de perto das pontes e terminal rodoviário Rita Maria.

A ação, conforme a reportagem apurou, foi decidida pela cúpula da SSP para eventuais tomadas de decisões, de acordo com as ações dos manifestantes.

 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros