Suspeito de estuprar menina de 7 anos em Palhoça se entrega à polícia  - Polícia - Hora

Versão mobile

Pedofilia20/09/2016 | 22h33Atualizada em 20/09/2016 | 22h33

Suspeito de estuprar menina de 7 anos em Palhoça se entrega à polícia 

Homem de 54 anos é casado com a avó da vítima. Crime teria ocorrido na casa da família

Um homem de 54 anos se apresentou à Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (Dpcami) de Palhoça nesta terça-feira, depois que parentes denunciaram um caso de estupro. O abuso teria acontecido no bairro Guarda do Cubatão no último domingo. Os familiares acusam o homem de estuprar uma menina de 7 anos, neta da esposa dele. O nome dele não será divulgado para preservar a criança.

O padrasto da vítima contou à reportagem da Hora que toda a família estava na casa do suspeito tomando café quando o crime ocorreu. Em determinado momento, o homem saiu com a menina oferecendo um presente. O padrasto seguiu os dois e relata ter visto a cena.

— Eu vi ele de costas apertando ela com força com a mão na boca dela, ofegante. Ela estava com as calças no joelho. Eu fiquei em choque, aí depois que eu absorvi essa imagem e chamei minha mulher. Mas ele fugiu — conta.

A menina fez exame de corpo de delito no Instituto Geral de Perícia (IGP) da Palhoça. Apesar de se entregar e admitir o crime, o suspeito não foi preso por não haver flagrante nem mandado de prisão em aberto contra ele. No entanto, o homem passou a tarde na delegacia, com medo de ser espancado. A delegada Flávia Cordeiro ouviu testemunhas até a noite de terça-feira e não falou com a imprensa. Ela deve dar detalhes sobre o caso nesta quarta-feira.

Leia mais notícias policiais da Grande Florianópolis

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros