Três homens são presos por morte de empresário encontrado no Moçambique , em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

CRIME ESCLARECIDO26/10/2016 | 19h52Atualizada em 26/10/2016 | 20h00

Três homens são presos por morte de empresário encontrado no Moçambique , em Florianópolis

Ao todo, cinco pessoas foram detidas pelo crime que, segundo a polícia, foi motivado por vingança

A Delegacia de Homicídios de Florianópolis deve encerrar nos próximos dias a investigação sobre a morte do empresário Juvenal Manoel Virgílio, de 65 anos. Na terça, foram presos o mandante do crime e outros dois intermediadores. Os nomes dos presos não foram divulgados.

Cinco pessoas foram presas , ao todo, pelo assassinato. Há 15 dias, a polícia havia detido os dois executores do crime. Juvenal foi encontrado morto a tiros em um matagal na praia do Moçambique, no leste da Ilha de Santa Catarina.

A vítima morava em Barreiros, São José, e trabalhava no mercado imobiliário. Conforme o delegado Ênio de Matos, o motivo da morte foi uma vingança, já que Juvenal havia vencido uma ação judicial de cobrança.

— O homem que perdeu a ação ficou indignado e contratou pessoas para matar a vítima — esclarece o delegado. 

As prisões são temporárias, de cinco dias. Ênio de Matos irá pedir agora a prisão preventiva dos suspeitos.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros