Vítima de estupro recebe alta do hospital e presta depoimento à polícia em Palhoça - Polícia - Hora

Versão mobile

Casal de franceses13/10/2016 | 19h54Atualizada em 13/10/2016 | 19h54

Vítima de estupro recebe alta do hospital e presta depoimento à polícia em Palhoça

A mulher francesa de 31 anos, estuprada após ela e o marido serem assaltados na madrugada de quarta-feira, em um parque ecológico no centro de Palhoça, recebeu alta do hospital Regional de São José nesta quinta-feira. 

Em seguida, ela foi até a Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso da cidade, prestar depoimento à delegada Eliane Chaves, que instaurou inquérito para encontrar os três homens responsáveis pelo crime.

A delegada Eliane explica que pegou o caso ao meio dia desta quinta-feira. A vítima e seu marido, de 38 anos, prestaram depoimento com a ajuda de intérprete e na sequência foram até o Instituto Geral de Perícias (IGP) para realizar exame de corpo de delito. 

Na tarde de hoje, a Polícia Civil recuperou, próximo ao local do crime, em um parque ecológico nas proximidades do estádio Renato Silveira, do Guarani de Palhoça, uma máquina fotográfica do casal.

— Minha equipe já está na rua. Recolhemos materiais, encaminhamos novas perícias e estamos em diligências nas ruas, inclusive perto do local do crime. A Polícia Militar já levantou algumas suspeitas, e estamos agora reunindo essas informações para chegarmos aos autores do crime — revela Eliane.

Nesta sexta-feira, representantes do Consulado da França em Santa Catarina estarão na delegacia da mulher de Palhoça para conversar e prestar auxílio ao casal, bastante abalado com o ocorrido. 

Os franceses, que viajavam de bicicleta pela América do Sul, ainda não decidiram se seguirão viagem, já que entre os problemas está o fato de que as duas bicicletas foram roubadas.

— Eles estão muito abalados, mas buscando colaborar com a polícia. Já avisaram que vão ficar por aqui mais uns dias, e estão com os passaportes em mãos — conta a delegada.

O casal estrangeiro está alojado na casa de um casal de policiais de Palhoça, um policial militar e uma policial civil.

O crime

O casal da França foi assaltado à mão armada por três homens, que na sequência estupraram a mulher de 31 anos. O crime aconteceu na madrugada de quarta-feira, quando o casal parou para acampar em um parque ecológico que fica nas proximidades do estádio Renato Silveira, do Guarani de Palhoça. 

Conforme a Polícia Civil, o crime ocorreu em uma região isolada do centro de Palhoça, quando três homens abordaram o casal, amarraram o homem de 38 anos, estupraram a vítima, e levaram os pertences dos franceses, incluindo as bicicletas, notebook e roupas.

 O homem foi agredido com socos e chutes, informou a Polícia Civil. Como o local estava escuro, as vítimas não puderam repassar maiores detalhes dos criminosos.

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros