Acusado de matar estudante em casa noturna de Florianópolis é condenado a 16 anos de prisão - Polícia - Hora

Versão mobile

Júri popular03/11/2016 | 19h12Atualizada em 07/11/2016 | 14h56

Acusado de matar estudante em casa noturna de Florianópolis é condenado a 16 anos de prisão

Jurados reconheceram motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima

Leonardo dos Passos Pereira, de 21 anos, foi condenado nesta quinta-feira a cumprir uma sentença de 16 anos de prisão em regime fechado, sem direito a recorrer em liberdade, pelo assassinato do universitário Diogo Cuiabano de Medeiros, 26 anos, com um golpe de vidro no pescoço, em março de 2015, numa casa noturna de Florianópolis.

Na sua sentença, o juiz destacou a conduta reprovável do réu e a embriaguez dele em uma casa noturna bastante movimentada. Os jurados reconheceram os argumentos da acusação, de motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima.

A defesa de Pereira demonstrou inconformismo com a decisão e já informou que recorrerá. Já familiares de Medeiros, presentes à sessão no Tribunal do Júri da Capital, ficaram indignados com o tamanho da pena.

Cerca 150 pessoas acompanharam o julgamento desde a manhã, entre estudantes de direito, profissionais da área e servidores envolvidos diretamente na sessão.

Saiba mais:

"Copo foi quebrado antes com intenção de matar", diz acusação
"Jamais tive intenção de matar", diz acusado de homicídio em boate
Começa o julgamento contra acusado de matar estudante em boate de Florianópolis


 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros