Justiça pede prisão preventiva de policiais acusados de agredir família em Biguaçu - Polícia - Hora

Versão mobile

VIOLÊNCIA POLÍCIAL17/11/2016 | 13h13Atualizada em 17/11/2016 | 13h13

Justiça pede prisão preventiva de policiais acusados de agredir família em Biguaçu

Somente um dos policiais acusados foi preso até o momento; segundo a defesa, o outro agente segue internado em uma clínica psiquiatria

Justiça pede prisão preventiva de policiais acusados de agredir família em Biguaçu Reprodução/Divulgação
Foto: Reprodução / Divulgação

A Justiça de Santa Catarina pediu a prisão preventiva dos dois policiais acusados de agredir sete pessoas da mesma família no início do mês, em Biguaçu, na região da Grande Florianópolis. O mandado foi expedido ainda na segunda-feira, mas o policial civil Isaías Oliveira da Silva - único preso até o momento - apresentou à polícia somente na tarde desta quarta-feira. 

O outro acusado, Fábio Carminatti da Silva, que tentou suicídio na semana passada, segue internado em um centro de psiquiatria e não conseguiu assinar a prisão. Assim que soube do mandado, Isaías foi acompanhado do advogado, Handerson Laerte Martins, na Divisão de Investigação Criminal (DIC), em São José, onde segue à disposição da justiça.

— Pegamos uma cópia do mandado e agora eu estou tentando tomar as providências cabíveis — afirmou o advogado que pretende entrar com um pedido de habeas corpus.

Conforme informações repassadas pela defesa, no dia 7 de novembro Carminatti teria ingerido mais de 30 comprimidos e após passar mal foi encaminhado ao Hospital Regional. No fim da semana passada, familiares transferiram o agente para o Instituto de Psiquiatria e Dependência Química, localizado em São José - onde segue até o momento. 

Relembre o caso

De acordo com as vítimas, na noite do dia 5 de novembro, após um pedido para que os dois polícias parassem de urinar no portão da casa, os agentes invadiram a propriedade armados e agrediram homens e mulheres, efetuando disparos de arma de fogo – um deles acertou o pé de um jovem de 19 anos. Pelas imagens da câmera, Isaías e Fábio fugiram antes da chegada da Polícia Militar (PM) e da Polícia Rodoviária Federal(PRF).

Leia as últimas notícias:
Policiais civis que invadiram casa e agrediram pessoas em Biguaçu são afastados de suas funções
Inquérito que apura agressão de policiais em Biguaçu deve ser concluído na próxima semana

 
 
Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros