"Não tenho mais condições de morar em Florianópolis", diz pai de vítima do acidente nos Ingleses  - Polícia - Hora

TRAGÉDIA NO TRÂNSITO03/01/2017 | 20h08Atualizada em 03/01/2017 | 21h10

"Não tenho mais condições de morar em Florianópolis", diz pai de vítima do acidente nos Ingleses 

Volmir Lodi veio para a Ilha depois do filho e abriu a banca de sorvetes que ficou totalmente destruída após a colisão do Camaro 

"Não tenho mais condições de morar em Florianópolis", diz pai de vítima do acidente nos Ingleses  Marco Favero/Agencia RBS
Foto: Marco Favero / Agencia RBS


Assim que o quadro de saúde de Nilandres Lodi apresentar condições, ele será transferido do hospital Celso Ramos, em Florianópolis, para o São Vicente, de Passo Fundo. Ele foi uma das vítimas do acidente com um Camaro na madrugada de Réveillon nos Ingleses e teve as duas pernas amputadas. A esposa dele, Cristiane Flores, morreu na colisão.

Quem pediu a transferência foi o pai do Nilandres, Volmir Lodi. Ele veio morar no norte da Ilha depois que o filho inaugurou a primeira filial da loja RMS Autosom. A família é de Passo Fundo, onde fica a matriz, que é tocada pelo irmão, Vagner Lodi. Seu Volmir abriu um quiosque de sorvetes em frente à loja. Recém tinha começado a trabalhar neste veraneio. Diz que fatura até R$ 1 mil por dia na temporada. Só que não bastasse perder a nora e o filho ficar amputado, o quiosque dele ficou complemente destruído após o acidente.

— Eu vou processar o cara criminalmente para me pagar todas as despesas que eu tive e ainda vou ter. Era agora que eu ia começar a trabalhar. Nós vamos voltar para Passo Fundo assim que meu filho puder ser transferido, e o Hospital São Vicente é o melhor do Rio Grande do Sul. Não tenho mais cabeça para morar aqui e trabalhar no mesmo local onde aconteceu uma tragédia dessas — conta seu Volmir.

Nilandres e a esposa, Cristiane, planejavam voltar com os filhos para Passo Fundo em fevereiro    Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Nilandres melhorou no hospital

O pai acredita que em até 20 dias o filho vá para a cidade gaúcha. Nesta terça-feira, ele foi informado pelo Hospital Celso Ramos que Nilandres, de 36 anos, está melhorando. Ele já reagiu e por isso será submetido a uma nova cirurgia, desta vez em um dos ombros. Mas o quadro dele segue grave. A operação nas pernas já foi concluída e agora está em trabalho de cicatrização.

Já o estado de Gean Matos, 22 anos, segue o mesmo: o jovem está em coma induzido com traumatismo craniano.

Na noite de segunda-feira, amigos das vítimas se reuniram em frente à RMS para fazer uma oração. Volmir lembra que o filho participava de diversos campeonatos de som automotivo em Santa Catarina.

— Ele ia em muitos campeonatos de som automotivo e sempre trazia os primeiros lugares, a maior equipe era a deles. Eu já recebi mais de 200 ligações de solidariedade dos amigos deles — destaca o pai.

Na próxima sexta-feira (06), todos farão uma manifestação em frente à loja pedindo justiça e mais segurança no trânsito do norte da Ilha.

No primeiro dia do ano, o Camaro preto com placas de Sapiranga invadiu a calçada em frente à RMS Auto Som, na rodovia Armando Cali Bulos, por volta das 5h. Cristiane, Lodi e Matos, que tinham passado a virada na Beira-Mar, voltaram para buscar pertences em um veículo. Neste momento, foram atingidos pelo carro.

Investigação

Jeferson Buenom, 29 anos, de Sapiranga, teve prisão preventiva decretada e é considerado foragido Foto: Reprodução / Facebook

O motorista do Camaro fugiu do local. Jeferson Bueno, 29 anos, dono do veículo, é apontado pela polícia como único suspeito do atropelamento. Ele teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, não apresentou até o momento e é considerado foragido. Bueno deve responder por homicídio doloso e duas tentativas de homicídios.

Segundo a Polícia Civil de Santa Catarina, policiais gaúchos estão ajudando nas investigações, já que o condutor deixou às pressas a casa que havia alugado em Ingleses depois do incidente e pode ter voltado a Sapiranga. A defesa e a família de Bueno ainda não se manifestaram sobre o caso.

Vítimas de atropelamento em SC planejavam retorno da família a Passo Fundo 


 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCVolante e zagueiro são apresentados no Figueirense https://t.co/fJthgarTZBhá 6 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCFlorianópolis tem pior saldo de empregos em 14 anos https://t.co/xEfHwLgX2Vhá 7 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros