Secretaria promete intensificar policiamento e investigação no Monte Cristo, em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

Reação31/01/2017 | 18h41Atualizada em 31/01/2017 | 18h50

Secretaria promete intensificar policiamento e investigação no Monte Cristo, em Florianópolis

Criação de força-tarefa da Polícia Civil para investigar homicídios e tráfico de drogas está sob análise.

Secretaria promete intensificar policiamento e investigação no Monte Cristo, em Florianópolis Leo Munhoz/Agencia RBS
Base da PM na Agronômica foi alvo de tiros na noite de segunda-feira. Foto: Leo Munhoz / Agencia RBS

Após a noite de segunda-feira violenta com ataques à Polícia Militar em Florianópolis, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) prometeu intensificar o policiamento ostensivo e a investigação no bairro Monte Cristo, no Continente. O local foi palco de ataques à Polícia Militar, tiroteios e veículo incendiado, mas também houve atentado a uma base da Agronômica, na região Central, e um carro queimado no bairro Serraria, em São José.

A SSP não divulgou nenhum plano de ação ou medida de impacto. A manifestação oficial saiu no fim da tarde desta terça-feira por meio da assessoria de imprensa. Além do suposto reforço no policiamento e na apuração dos delitos, o secretário César Grubba afirmou que está sob análise a criação de uma força-tarefa no combate aos homicídios e ao tráfico de drogas e armas, no Continente.

"As instituições de segurança pública, e suas respectivas áreas de inteligência, estão monitorando os fatos ocorridos e eventuais desdobramentos", afirmou Grubba, garantindo que ações pontuais estão sendo deflagradas não só no Monte Cristo, mas em outras comunidades vulneráveis.

O secretário destacou o trabalho dos setores de inteligência e pensa ser necessário o compartilhamento das ações com entidades sociais para mudar o cenário da criminalidade no bairro. A violência no Monte Cristo aumentou nos últimos anos. Houve assassinatos de jovens entre facções rivais, moradores são reféns de ordens de traficantes e há reflexos negativos no comércio.

Policiamento no Monte Cristo, área Continental de Florianópolis. Foto: Roelton Maciel / Agencia RBS

"Reforço na 3ª Delegacia de Polícia", garante delegado-geral

Procurado pela reportagem, o delegado-geral da Polícia Civil, Artur Nitz, prometeu instalar uma equipe de investigação na 3ª Delegacia de Polícia, em Capoeiras. Esses policiais serão comandados por um delegado que será deslocado para a unidade e atuarão na investigação em conjunto com delegacias especializadas e a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic).

— A 3ª DP está desfalcada, houve saídas com aposentadorias. O Continente está merecendo atenção mais específica — admitiu o delegado-geral, sem antecipar quando acontecerá o reforço da Polícia Civil na área crítica.

Nesta terça-feira, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar voltou a realizar operação no Monte Cristo. As ações do Bope devem continuar nos próximos dias.

Leia mais:

Indícios apontam que ataques na Grande Florianópolis são reação contra ações da Polícia Militar

Tiroteio no Monte Cristo, em Florianópolis, deixa dois homens feridos

Criminosos rendem motorista e incendeiam carro em São José

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCBom dia! Esta é a capa da Hora deste fim de semana. Leia mais no site: https://t.co/oBcswkffPT #HoraSC https://t.co/lxV7cwFJJEhá 2 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCFigueirense empata com Ceará, que arranca gol nos acréscimos https://t.co/dZctR3nDsk #HoraSC https://t.co/5pwsP4bFKghá 10 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros