Bandidos atiram contra o fórum de Balneário Piçarras e deixam cartaz pedindo transferência de presos - Polícia - Hora

Versão mobile

Violência09/02/2017 | 16h38Atualizada em 09/02/2017 | 16h38

Bandidos atiram contra o fórum de Balneário Piçarras e deixam cartaz pedindo transferência de presos

Atentado ocorreu na madrugada desta quinta-feira

Bandidos atiram contra o fórum de Balneário Piçarras e deixam cartaz pedindo transferência de presos Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

A Polícia Civil avalia imagens de câmeras de segurança para descobrir os autores de um atentado contra o fórum de Balneário Piçarras, na madrugada desta quinta-feira. Uma porta de vidro foi quebrada a tiros e um cartaz foi fixado em uma das grades pedindo a transferência de presos para Itajaí.

O cartaz, assinado por uma facção criminosa, pede que detentos das unidades de Jaraguá do Sul, São Pedro de Alcântara, Criciúma,Agronômica e Lages sejam trazidos para o Complexo Prisional da Canhanduba.

De acordo com a polícia, os disparos ocorreram entre 2h30mine 2h50min. Detalhes sobre o número de criminosos envolvidos e a maneira como ocorreu o ataque não foram divulgados.

O fórum abriu e o expediente ocorre normalmente nesta quinta, mas a segurança foi reforçada até que a porta de vidro seja reposta. O diretor do fórum, juiz Iomar Alves Baltazar, comunicou o ataque à Casa Militar do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, que tomará as providências necessárias.

Mais atentados

Durante a madrugada bandidos atiraram também contra duas delegacias em Florianópolis, nos Ingleses e em Canasvieiras. Nesta, uma faixa foi deixada, com inscrições que pediam a transferência de detentos do sistema penitenciário do Estado para um presídio federal.

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), afirmou que o Estado não irá negociar com os bandidos. Colombo disse que, ao Estado, cabe manter a lei e a ordem e que é isso que será feito.

 
 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCRapaz que agrediu professora de SC tem histórico de violência na escola, diz promotora de Justiça https://t.co/RE5Lyn9wlJhá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SC"Combater a mortalidade violenta não é uma missão só da polícia", diz subcomandante-geral da PM em SC https://t.co/RJUeOOM9HQhá 1 horaRetweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros