Homem é encontrado morto em Florianópolis - Polícia - Hora

Homicídio13/02/2017 | 09h49Atualizada em 13/02/2017 | 18h18

Homem é encontrado morto em Florianópolis

Vítima, que morava no Morro do Quilombo e teria sido espancada durante a madrugada, tinha um ferimento na cabeça

Um homem de 50 anos foi encontrado morto no início da manhã desta segunda-feira, em Florianópolis. Por volta das 6h, um funcionário de uma rede de supermercados, que chegava ao trabalho na Avenida Madre Benvenuta, no bairro Santa Mônica, viu o corpo e acionou a Polícia Militar (PM). Segundo o relatório de ocorrências da PM, Milton Toledo, 50 anos, era morador de rua e tinha um ferimento na cabeça, que pode ter sido provocado por agressões que sofreu durante uma briga. Até o momento ninguém foi preso. 

Responsável pelo caso, o delegado Ênio Mattos, titular da Delegacia de Homicídios de Capital, afirma que a vítima morava no Morro do Quilombo, no Itacorubi, não tão longe de onde ocorreu o crime. Ênio conta que Milton foi espancado por pessoas que costumavam andar com ele em andanças nas ruas da Capital durante as madrugadas. Seu corpo foi reconhecido por familiares no Instituto Médico Legal (IML). A vítima era natural de Nonoai, no Rio Grande do Sul. 

No local, uma testemunha informou à polícia que durante a madrugada ouviu uma discussão entre a vítima e outro homem próximo ao local do homicídio. O delegado Ênio trata o caso como homicídio e busca o autor ou autores do crime. Com mais esse assassinato, Florianópolis registra 27 homicídios na cidade em pouco mais de 40 dias do ano de 2017.

— Foi briga entre ele e os amigos dele. Tomou uma surra, saiu andando e caiu por si. A minha conclusão é essa, ele caiu sozinho, mas em consequência da surra que tomou dos "amigos" — explica o delegado Ênio.

De acordo com a central de comunicação da PM, Milton Toledo tinha passagens por tentativa de estupro, vias de fato, lesão corporal e posse de drogas.

Homicídio em São José

Na tarde de ontem, a PM de São José atendeu outra ocorrência de homicídio no bairro Forquilhas. Ciro da Rosa Pereira, 29 anos, foi encontrado morto com dois ferimentos de disparo de arma de fogo dentro de um carro por volta das 16h na comunidade de Vila Formosa, que fica em Forquilhas. A vítima era natural de Lages e há suspeita de que a motivação do crime tenha sido passional. A delegacia de Homicídios e o Instituto Geral de Perícias (IGP) foram acionados. Até o momento não há informações sobre a autoria do crime. 

Leia mais notícias:
Homem morre após troca de tiros no Monte Cristo, em Florianópolis
Polícia compara a região do Monte Cristo, na Capital, à Faixa de Gaza

 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCBom dia, mô quirido! Esta é a capa da Hora desta terça-feira. Leia mais no site: https://t.co/oBcswkffPT https://t.co/soZn9SsSerhá 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCQuase 200 mil empresas devem o FGTS de seus funcionários e ex-funcionários https://t.co/F136Xego9Lhá 10 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros