Polícia identifica corpo de homem enterrado nas dunas do Siri, norte da Ilha - Polícia - Hora

Violência em Florianópolis 03/02/2017 | 18h32Atualizada em 03/02/2017 | 18h32

Polícia identifica corpo de homem enterrado nas dunas do Siri, norte da Ilha

 O corpo de Nelson, enrolado em um cobertor, foi encontrado na quinta-feira pela manhã durante uma operação da Prefeitura de Florianópolis para demolir 35 casas na comunidade

Polícia identifica corpo de homem enterrado nas dunas do Siri, norte da Ilha Cristiano Andujar/Divulgação
Polícia Militar prestou apoio à prefeitura na demolição dos imóveis que estariam desocupados Foto: Cristiano Andujar / Divulgação

Um dia depois de acharem o corpo de um homem enterrado nas dunas da comunidade do Siri, em Ingleses, a Polícia Civil identificou a vítima como Nelson da Rosa, 43 anos. De acordo com o delegado Ênio Mattos, titular da Delegacia de Homicídios, Nelson foi morto provavelmente na quarta-feira. 

Ele era natural da cidade de Piraquara, no Paraná, já morava há alguns anos no Siri, onde também reside sua família, e não possuía antecedentes criminais. O corpo de Nelson, enrolado em um cobertor, foi encontrado na quinta-feira pela manhã durante uma operação da Prefeitura de Florianópolis para demolir 35 casas na comunidade

Para o delegado Ênio, a morte foi causada por alguma discussão ou desavença com alguém da vizinhança. Ele não foi morto a tiros, mas sim a facadas ou pedradas, acredita Ênio. 

Cheio de trabalho nesse início de ano violento em Florianópolis, o delegado agora se debruçará na tentativa de solucionar mais um homicídio na cidade em 2017, que já contabiliza ao menos 19 assassinatos nesses primeiros dias do ano.

— A morte dele não teve relação com o tráfico de drogas na região, não. Deve ter sido alguma outra briga ali. Com o laudo cadavérico sabermos exatamente a causa da morte, mas não foi por disparo de arma de fogo — explica Ênio.

 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCBom dia, mô quirido! Esta é a capa da Hora desta terça-feira. Leia mais no site: https://t.co/oBcswkffPT https://t.co/soZn9SsSerhá 57 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCQuase 200 mil empresas devem o FGTS de seus funcionários e ex-funcionários https://t.co/F136Xego9Lhá 9 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros