Tensão entre policiais marca apresentação de quadrilha de assaltantes na Deic  - Polícia - Hora

Confronto em São João Batista14/02/2017 | 12h11Atualizada em 14/02/2017 | 17h41

Tensão entre policiais marca apresentação de quadrilha de assaltantes na Deic 

Tenente da PM de São João Batista à paisana tentou entrar na entrevista coletiva e houve confusão com policiais civis

Tensão entre policiais marca apresentação de quadrilha de assaltantes na Deic  Cristiano Estrela/Agencia RBS
Delegado diretor da Deic, Adriano Bini (ao centro), estava visivelmente tenso na entrevista Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

A apresentação de uma quadrilha de assaltantes na manhã desta terça-feira em Florianópolis na sede da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic) foi marcada por forte clima de tensão e até uma confusão de bastidores entre os policiais civis e um tenente da Polícia Militar (PM) de São João Batista, a cidade em que criminosos trocaram tiros na madrugada de sábado com a Polícia Civil.

A entrevista coletiva com a direção da Deic estava marcada para as 10h, mas atrasou por causa de um fato no saguão da unidade testemunhado por jornalistas. Um homem à paisana, de bermuda e camisa, que depois se identificou como sendo o tenente da PM de São João Batista, Paulo Renato Farias, discutiu com policiais civis. O tenente queria participar da entrevista no auditório, mas foi impedido.

Ele então foi levado para uma sala por delegados e até uma algema foi solicitada no plantão. A informação dada por policiais civis é que o PM seria autuado, mas não foi divulgado o motivo específico. Na coletiva, o diretor da Deic, delegado Adriano Bini, que estava visivelmente tenso, disse ao final que esse assunto envolvendo o policial militar seria resolvido internamente no âmbito competente. A Secretaria de Segurança Pública não enviou representante para a coletiva, de que participaram cinco delegados.

Terminada a coletiva, esteve no local o diretor de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), delegado Mauro Rodrigues. A reportagem apurou que o tenente estaria descontente pelo fato de a PM não ter sido avisada previamente da operação em São João Batista e que, supostamente, os militares teriam corrido risco. 

Durante a entrevista, o diretor da Deic afirmou que a Polícia Civil agiu com quatro equipes em São João Batista e posicionou uma delas em frente ao quartel da PM justamente para proteger os policiais militares, já que a quadrilha costuma atirar contra as bases militares durante os roubos a banco.

O diretor da Deic declarou que a PM não foi informada da operação para evitar o vazamento de informações na rede de rádios da PM, a qual, segundo ele, poderia ser interceptada pelos assaltantes, que então ficariam sabendo da investigação da Polícia Civil.

Parte do material apreendido na ação do último sábado Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS

Assaltantes são do Rio Grande do Sul

Três assaltantes morreram na frente do Banco do Brasil em confronto com a Deic. Eles são do Rio Grande do Sul, têm antecedentes criminais e foram identificados como sendo Lúcio Mauro Lau, Anderson da Silva Santos e Marcelo de Oliveira Flores da Silva.

O assaltante baleado no local e que está hospitalizado, segundo a Deic, é Jaider Torão Ferreira Júnior, também do Rio Grande do Sul. Foram presos em São João Batista outras três pessoas que fariam parte da quadrilha. Duas delas tiveram os nomes divulgados: Joelci Padilha Pimentel e Enio Sampate de Oliveira. O terceiro preso, que seria um empresário de São João Batista, é suspeito de dar guarida ao bando.

— Tratam-se de assaltantes extremamente perigosos, violentos, que fazem reféns e agem com ameaças. Os policiais civis arriscaram a sua vida em defesa da sociedade de São João Batista e da sociedade catarinense. O recado que eu dou é que aqui em Santa Catarina marginais não vão se criar — disse Adriano Bini, diretor da Deic.

O delegado Anselmo Cruz, responsável pela operação e ferido no tiroteio, ainda está hospitalizado, mas não corre risco de morte. Um agente da Deic que também foi ferido já teve alta. A reportagem do DC tentou contato por telefone celular com o comando da PM na manhã desta terça-feira para falar sobre o episódio na Deic e também sobre a ação em São João Batista, mas ninguém atendeu.

"PM deveria ter sido informada", diz comandante-geral

O comandante-geral da Polícia Militar em Santa Catarina, coronel Paulo Henrique Hemm, entende que a corporação deveria ter sido comunicada previamente pela Deic da ação em São João Batista. A declaração foi dada no começo da tarde durante o programa Conversas Cruzadas, na Rádio CBN Diário, em resposta ao jornalista Renato Igor.

Hemm procurou minimizar o fato, e tratou como um "desentendimento operacional" que acontece e deve ser avaliado se houve falhas ou erros. Ele também garantiu que há relação próxima com a Polícia Civil, que cada vez mais deve estar unidas.

— O inimigo é outro — disse o comandante da PM, ao evitar polêmica sobre o assunto.

PM divulga nota sobre declarações do tenente da PM de São João Batista

No meio da tarde desta terça-feira, o comando-geral da Polícia Militar de Santa Catarina divulgou a seguinte nota:

"Sobre as declarações de um policial militar referentes à ação da Polícia Civil em São João Batista, a Polícia Militar esclarece que:

"1. Está acompanhando os desdobramentos do ocorrido;

"2. O tratamento que a Corporação dará ao caso será abordado no âmbito interno das instituições (Polícia Militar e Polícia Civil), de forma a promover a integração e o melhoramento na prestação de serviços ao cidadão, que é o foco da das instituições de Segurança Pública"  

Leia também:

Assalto a banco termina com três mortos e três feridos em São João Batista

Grupo que trocou tiros com a Deic é suspeita de grandes assaltos em SC e RS

Diogo Vargas: o delegado Anselmo e o pesadelo dos assaltantes de banco 

Cacau Menezes: Descoordenação coloca vidas em perigo em São João Batista

 
 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCCacupé recebe bloco de Carnaval Infantil https://t.co/mCm8YOIRGkhá 6 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCLivro: Guga, Imagens De Uma Vida traz imagens do seu acervo pessoal do ídolo do esporte brasileiro https://t.co/ISnTQp8Kythá 7 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros