Homem é morto a tiros no bairro Monte Verde, em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

39º assassinato na Capital03/03/2017 | 18h33Atualizada em 03/03/2017 | 20h54

Homem é morto a tiros no bairro Monte Verde, em Florianópolis

Homem foi baleado próximo ao Floripa Shopping

Homem é morto a tiros no bairro Monte Verde, em Florianópolis Leonardo Thomé/Agência RBS
Foto: Leonardo Thomé / Agência RBS

Um homem de 22 anos identificado pela polícia como Marcos Eduardo Marcelino foi morto a tiros no bairro Monte Verde, em Florianópolis, próximo ao Floripa Shopping. De acordo com a Diretoria de Informação e Inteligência (DINI) da Polícia Civil, este foi o 39º assassinato na Capital em 2017.

Segundo as polícias Militar e Civil, foi um crime passional. O suspeito de ser o autor dos disparos tem 19 anos e, de acordo com o tenente-coronel Marcelo Pontes, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, o seu nome é Pablo Henrique Bianchetti. A Polícia Militar já começou as buscas por ele, que tem passagens por ameaças e lesões corporais. 

Informações preliminares colhidas no local pela PM indicam que Marcos, morador do Monte Verde, teve um filho com sua antiga mulher, que atualmente estava namorando Pablo Henrique. que teria assumido a criança. Marcos então estaria buscando reaver contato com o filho. Inicialmente, essa seria a motivação para o crime, o segundo homicídio ocorrido à luz do dia em Florianópolis nesta sexta-feira. 

— As guarnições estão atrás dos autores do crime. Já que o suspeito principal não estava sozinho. Eles chegaram a pé, mas não se sabe como fugiram, se caminhando ou se havia alguém esperando eles — explica Pontes.

Pela manhã, um homem foi executado na frente do Mercado Público. Vilmar de Souza Junior, o Juninho, 29 anos, estacionava a sua caminhonete quando um Vectra preto o trancou. Um dos dois ocupantes do carro desceu e atirou contra Juninho, que tentou fugir correndo, mas caiu, foi alcançado pelo assassino, levou mais tiros e morreu no local. Outros disparos atingiram carros próximos.

Viatura da PM foi recebida a tiros no Morro do Caju, próximo ao local do crime

Uma viatura da Polícia Militar foi recebida a tiros no fim da tarde desta sexta-feira (3) no Morro do Caju, no bairro Saco Grande, em Florianópolis. Os policiais realizavam um patrulhamento quando os disparos foram efetivados. Não houve vítimas.

Segundo o tenente-coronel Marcelo Pontes, do 4º Batalhão de Polícia Militar, não houve troca de tiros e não há informação sobre os suspeitos. De acordo com Pontes, esse tipo de ação ocorre com frequência. Quando receberam o chamado da ocorrência de homicídio nas proximidades do Floripa Shopping, Pontes conta que os policiais acreditaram se tratar de um trote de criminosos, buscando assim que algumas das viaturas que faziam o cerco no Morro do Caju deixassem o local.

— Inicialmente, mandamos uma viatura para averiguar a ocorrência, já que essas informações desencontradas são comuns pelos criminosos para atrapalhar o trabalho da polícia — explica Pontes.

"Há uma preocupação constante", diz diretor da Polícia Civil sobre assassinatos em Florianópolis 

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCBom dia! Esta é a capa da Hora deste fim de semana. Leia mais no site: https://t.co/oBcswkffPT #HoraSC https://t.co/lxV7cwFJJEhá 23 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCFigueirense empata com Ceará, que arranca gol nos acréscimos https://t.co/dZctR3nDsk #HoraSC https://t.co/5pwsP4bFKghá 1 diaRetweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca
clicRBS
Nova busca - outros