"Nós vamos tomar isso aqui", teriam anunciado criminosos antes de abrir fogo contra comunidade em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

Segurança22/11/2017 | 12h20Atualizada em 22/11/2017 | 12h20

"Nós vamos tomar isso aqui", teriam anunciado criminosos antes de abrir fogo contra comunidade em Florianópolis

Duas pessoas foram mortas na madrugada desta quarta-feira no bairro Vargem do Bom Jesus, no Norte da Ilha. Agora são 154 mortes violentas neste ano na Capital

"Nós vamos tomar isso aqui", teriam anunciado criminosos antes de abrir fogo contra comunidade em Florianópolis Betina Humeres/Diário Catarinense
Foto: Betina Humeres / Diário Catarinense

Os moradores da Vila União, comunidade no bairro Vargem do Bom Jesus, no Norte da Ilha, foram acordados na madrugada desta quarta-feira por disparos de arma de fogo e o anúncio de que uma invasão estava prestes a acontecer: “Nós vamos tomar isso aqui”, teriam dito os criminosos armados. 

O ataque teria partido de integrantes de uma facção paulista que tenta dominar território em Santa Catarina para controlar o tráfico de drogas. O único casal que estava na rua naquele momento, por volta de 4h30min, na esquina da Rua Ramos Um com a Estrada Anarolina Silveira Santos, foi assassinado. As identidades das vítimas ainda não foram confirmadas pelo Instituto Médico Legal.  

Com essas duas mortes, segundo dados da Secretaria de  Segurança Pública de Santa Catarina (SSP-SC), Florianópolis contabiliza apenas neste ano, até esta quarta-feira (22), 154 mortes violentas - o número inclui homicídio, latrocínio, mortos por policiais e lesão corporal seguida de morte. Em todo o ano de 2016, foram registrados 92 assassinatos na Capital.

O atendente da Central de Emergência da Polícia Militar (190) que recebeu o pedido de socorro de um morador chegou a ouvir os disparos durante a ligação. 

— Foram muitos tiros. A gente fica com medo, né. Eu não saio mais de casa à noite — relatou um morador que conversou com a reportagem e preferiu não se identificar. 

Segundo o delegado da Delegacia de Homicídios da Capital, Ênio Matos, o rapaz que morreu estaria na esquina onde costumam ficar os “olheiros” da boca de tráfico. A jovem, segundo moradores, seria namorada do rapaz. 

— Eles foram o primeiro alvo, estavam bem na frente — comentou o delegado. 

Os criminosos teriam sido impedidos de entrar na comunidade pelo grupo organizado que domina a área. Uma barricada foi montada com latões e toras de madeira na entrada da rua Ramos Um, que é o principal acesso da vila. 

Segundo a Polícia Militar, havia cápsulas de munições até na frente de uma creche. Para o delegado Matos, não chegou a ocorrer troca de tiros. Só que a organização criminosa que domina o bairro pode ter efetuado disparos dentro da vila para demonstrar força contra os rivais e impedi-los de entrar.

Moradores falam do medo na comunidade

Os moradores que conversaram com o DC disseram que sentem medo das tentativas de invasão das facções rivais. Além disso, há um receio com a polícia durante as abordagens. 

— Quem tá aqui (no comando do tráfico) respeita os moradores daqui. Só que a gente tem medo dessas invasões, porque eles atiram para todos os lados, não estão nem aí. E da polícia também. Outro dia um PM veio falar comigo empurrando e deu chute num homem que estava aqui na frente. Não precisava agir assim — lamentou o morador. 

Para o delegado Enio Matos, a tentativa de invasão na Vila União nada tem a ver com o triplo homicídio na noite de terça-feira (21), no Morro Nova Trento, comunidade do maciço do Morro da Cruz, no Centro. A suspeita é de que os três assassinatos que ocorreram dentro de uma casa sejam em decorrência de uma rixa interna do tráfico na região.

Leia mais:

Três homens são mortos a tiros no Morro Nova Trento, em Florianópolis

Corpo é encontrado carbonizado em Palhoça


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCRolê com Edsoul: descarte o lixo no local correto. https://t.co/ujC7TKEqTT https://t.co/ElSlNdaFslhá 9 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCRodrigo Faraco: Avaí tem que iniciar o processo de remontagem. https://t.co/rHCjRoIwK7 https://t.co/AEd5SilfVFhá 1 horaRetweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca