Polícia encontra corpo em local de difícil acesso no Saco Grande, em Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

 

Mais uma13/12/2017 | 20h14Atualizada em 14/12/2017 | 14h35

Polícia encontra corpo em local de difícil acesso no Saco Grande, em Florianópolis

Com este crime, Capital chega às 165 mortes violentas em 2017

Polícia encontra corpo em local de difícil acesso no Saco Grande, em Florianópolis PM/Divulgação
Foto: PM / Divulgação

Agentes da Polícia Militar e Civil da Capital encontraram, no final da tarde desta quarta-feira, o corpo de um adolescente enterrado no alto de um morro no bairro Saco Grande, atrás do Floripa Shopping, no sentindo de quem segue para o norte da Ilha. A vítima ainda não foi identificada pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), mas o delegado Ênio Mattos, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, acredita se tratar de um rapaz morto há alguns dias na cidade, mas ressalta que não há nada de confirmado nisso e será necessário apurar.

Sobre a possibilidade de o corpo encontrado ser da mesma pessoa que aparece sendo executada em vídeos que circulam no Whatsapp, também é necessário mais tempo de investigação. Com mais essa morte violenta, Florianópolis registra agora 165 assassinatos em 2017.  

PM relaciona crime com caso compartilhado no Whatsapp

Já a Polícia Militar relaciona o corpo encontrado com um caso de homicídio compartilhado pelo Whatsapp. Segundo relatório enviado pela corporação, na última terça-feira (12) chegou ao conhecimento do 4°BPM um vídeo enviado via aplicativo sobre a execução de um homem na Costeira do Pirajubaé, no sul da Ilha.

Analisando as imagens, os policiais militares que atuam na área suspeitaram que este crime pudesse ter ocorrido na região do bairro Saco Grande, uma vez que o local tem várias torres de transmissão de energia e o fato foi gravado o pé de uma torre. Foi solicitado então apoio do Batalhão de Aviação da PM, que efetuou um sobrevoo no local e constatou que a base de uma das torres estava suja e parecia que tinham jogado areia para cobrir a possível marca de sangue.

Com base nestas informações, as guarnições fizeram uma operação na tarde desta quarta-feira (13) no local conhecido como Morro  do Balão, onde o corpo foi encontrado enterrado. Segundo a PM, suspeita-se que seja um jovem que desapareceu do norte da Ilha. 

À esta morte se somam outros ataques em Florianópolis. A polícia está apurando as circunstâncias de três incêndios de veículos que ocorreram durante a madrugada desta quarta-feira (13). Além dos incêndios que podem ter sido criminosos, houve um atentado contra a 2ª Delegacia de Polícia, no bairro Saco dos Limões, que foi alvo de tiros no início da madrugada. Para o delegado Verdi Furlanetto, diretor de Polícia Civil da Grande Florianópolis, os crimes podem estar relacionado à morte e a prisão de criminosos na terça-feira, após perseguição na Avenida da Saudade.

— Na verdade, são ações dispersas em represália à ação da polícia, que ocasionou a morte, ontem, daquele um rapaz e a prisão dos demais. De Itajaí eu não posso afirmar, mas as outras, ao que tudo indica, são em decorrência daquela ação. 

Leia mais notícias de Polícia da Grande Florianópolis

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCAnimais para adoção ganharão sessão de fotos para ajudar na adoção em Floripa. https://t.co/zQvk2jEL15há 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCYoutuber Whinderson Nunes vem a Floripa causar muitas risadas em agosto https://t.co/N7caHf71GLhá 15 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca