Polícia Civil investiga sequestro de empresário no Oeste catarinense  - Polícia - Hora

Versão mobile

Segurança14/01/2018 | 13h14Atualizada em 14/01/2018 | 13h14

Polícia Civil investiga sequestro de empresário no Oeste catarinense 

Vítima afirma ter ficado 18 horas amarrada em uma árvore após ter sido levada por criminosos

Polícia Civil investiga sequestro de empresário no Oeste catarinense  Polícia Civil / Divulgação/Divulgação
Sequestradores incendiaram veículo da vítima e casa abandonada Foto: Polícia Civil / Divulgação / Divulgação
Diário Catarinense
Diário Catarinense

A Polícia Civil de Chapecó, no Oeste catarinense, investiga o sequestro de um empresário de 37 anos, que ficou amarrado numa árvore por cerca de 18 horas na zona rural de Concórdia. A vítima foi abordada por criminosos na manhã de sexta-feira (12) na SC-283, entre Chapecó e Arvoredo, e levada para o interior de Concórdia. Na manhã de sábado (13) o empresário conseguiu de soltar e pedir socorro para moradores da região.

O delegado Rodrigo Moura informa que o caso é tratado como extorsão mediante sequestro. Por enquanto, a polícia sabe que, pelo menos, três pessoas participaram do crime. Outras informações e detalhes não podem ser divulgados para não atrapalhar as investigações.  

— Vamos ouvir a vítima novamente e precisamos do resultado de diligencias realizadas. Não posso divulgar informações sobre o que levou o fato e os suspeitos.

O crime aconteceu na manhã de sexta-feira. Segundo o delegado, os familiares informaram que o empresário saiu de casa para trabalhar por volta das 8h. Às 10h eles não conseguiram mais contato com o homem e acionaram a polícia. Foi quando as investigações começaram.

A vítima foi resgatada pelo helicóptero de Serviço Aeropolicial de Fronteira da Polícia Civil (Saer/Fron) na manhã de sábado. Em depoimento, o empresário informou que foi abordado por dois homens armados em uma moto na SC-283, que liga Chapecó a Arvoredo. Um deles entrou no carro da vítima e fez ela dirigir até uma região rural de Concórdia, próximo a uma casa abandonada.

O homem foi abandonado amarrado a uma árvore, onde ficou cerca de 18 horas. No sábado, no amanhecer do dia, o empresário conseguiu se soltar e andou até encontrar um morador e pedir socorro. Ele foi resgatado e levado para Chapecó. A vítima apresentava ferimentos leves.

Os criminosos roubaram apenas a carteira da vítima, com cartão de crédito e dinheiro. O veículo, um Gol branco, foi incendiado, assim como a casa abandonada.

Leia também:

Vigilante de posto troca tiros com criminoso durante tentativa de assalto em São José

Autoria é definida em 48,1% dos casos de homicídio em Santa Catarina

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCBom dia, leitores! Confira os destaques da Hora desta terça-feira e leia mais em https://t.co/jFa3jvvdkf. https://t.co/L1asiGT6jPhá 5 horas Retweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCMercado pet em Santa Catarina cresce 12% em 2017. https://t.co/8VP1A2q4eThá 5 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca