Tiroteio no Morro da Lagoa, em Florianópolis, termina com um homem preso - Polícia - Hora

Versão mobile

 

VIOLÊNCIA13/03/2018 | 15h06Atualizada em 13/03/2018 | 19h48

Tiroteio no Morro da Lagoa, em Florianópolis, termina com um homem preso

Na mesma hora, um ônibus foi alvo de ataque criminoso no bairro Abraão; PM acredita em represália de criminosos

Tiroteio no Morro da Lagoa, em Florianópolis, termina com um homem preso Leonardo Thomé / Hora de SC/Hora de SC
Foto: Leonardo Thomé / Hora de SC / Hora de SC

No início da tarde desta terça-feira, um tiroteio assustou pedestres e motoristas que passavam pelo morro da Lagoa da Conceição, em Florianópolis. Conforme a Polícia Militar, criminosos roubaram uma camionete Renault Duster preta na Avenida das Rendeiras e fugiram. A troca de tiros ocorreu próximo do condomínio Roland Garros. Dois disparos acertaram o veículo. Um dos suspeitos, de 21 anos, foi preso.

Três suspeitos conseguiram fugir pelo matagal e foram procurados durante a tarde. Dezenas de policiais, cinco viaturas, seis motocicletas e o helicóptero da PM foram usados na operação. No início da noite, as buscas foram encerradas. Moradores das redondezas, ainda bairro Itacorubi, relatavam à reportagem o temor de passar a noite sem saber onde andam os bandidos.

Os quatro suspeitos roubaram o Renault Duster em frente a um restaurante próximo à ponte da Avenida das Rendeiras. No veículo, estavam duas mulheres. O delegado João Batista Loss Medeiros, titular da 10ª Delegacia de Polícia da Capital, tentou tomar o depoimento das vítimas, mas como ambas estavam muito nervosas e precisavam se dirigir à Central para registrar o flagrante, ainda não foram ouvidas para esclarecer detalhes da ocorrência.

O tiroteio aconteceu por volta das 13h, horário de bastante movimento na região, que concentra escolas e comércio. O trânsito ficou congestionado. Uma testemunha que prefere não se identificar relatou que a troca de tiros aconteceu muito próximo a ela e conta que por pouco não foi atingida.

O tenente-coronel Marcelo Pontes, comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar, afirma que a abordagem "foi realizada dentro do uso progressivo da força, com técnica e sem gerar riscos as pessoas" no entorno. 


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCEvento debate descriminalização do aborto na Univali em São José https://t.co/EgOjaEwnu9há 18 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCOs roubos violentos em plena queda da criminalidade em Santa Catarina https://t.co/gfaXPkrc6Yhá 1 horaRetweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca