Florianópolis registra duas mortes violentas em menos de 10 horas - Polícia - Hora

Versão mobile

 

50 homicídios em 201816/04/2018 | 16h50Atualizada em 16/04/2018 | 19h02

Florianópolis registra duas mortes violentas em menos de 10 horas

A semana começou violenta em Florianópolis. Em menos de 10 horas, a Capital registrou duas mortes violentas em pontos extremos da cidade, além de um ataque a policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no Morro do Horácio

A semana começou violenta em Florianópolis. Em menos de 10 horas, a Capital registrou duas mortes violentas em pontos extremos da cidade - norte e continente -, além de um ataque a policial do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no Morro do Horácio, região central da Ilha. O policial foi baleado de raspão e encaminhado ao hospital em estado estável. A polícia faz rondas e diligências no interior e cercanias do Horácio para tentar localizar os criminosos que alvejaram o PM.

Por volta de 2h30min, Idinei Antunes, de 42 anos, foi morto pela Polícia Militar (PM) em um tiroteio na servidão Beira-Rio, no bairro Rio Vermelho, norte da Ilha. Antes das 12h desta segunda-feira, um homem, ainda não identificado pelo Instituto Geral de Perícias (IGP), morreu baleado enquanto caminhava pela rua na comunidade Chico Mendes, no bairro Monte Cristo, região continental de Florianópolis. Em ambos os casos, ninguém foi preso até este momento.

Natural de Dois Vizinhos, no Paraná, Idinei teria atirado contra policiais militares que estavam no Rio Vermelho para atender uma ocorrência de incêndio na residência de um PM, de acordo com informações da corporação. A casa desse policial, integrante do 4º Batalhão da Capital, que cobre o centro, sul e leste da Ilha, foi atacada por criminosos durante a madrugada. Os homens arrombaram a porta e colocaram fogo no imóvel. 

Uma guarnição do Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) desse batalhão, então, rumou para o Rio Vermelho, no norte da Ilha, quando ao chegar ao local teria sido alvo de disparos. Ao revidar, os policiais atingiram o homem, que não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. De acordo com o delegado Ênio de Oliveira Matos, titular da Delegacia de Homicídios da Capital, o homem morto pela PM não foi um dos que atacou a casa do PM, mas ele estava armado.

— Vou investigar esse caso, como investigo todos os outros — resume Ênio.

No registro de homicídio na Chico Mendes, o delegado Ênio disse não ter maiores detalhes da ocorrência, apenas que a vítima caminhava pela rua quando foi alvejada por disparos de arma de fogo. Ele estava sem documentos, por isso ainda não foi identificado. Para o delegado Ênio, a morte tem relação com as drogas:

— Ele (vítima) era usuário de drogas.

Florianópolis registra 50 mortes violentas em 2018; 12 delas em confronto com a PM

Com mais essas duas mortes violentas nesta segunda-feira, Florianópolis soma agora 50 registros dessa natureza em 2018. Uma média um pouco menor do que uma morte a cada dois dias. Além de homicídios e latrocínios, 12 desses casos foram resultado de mortes em confronto com a PM, quase 25% do total este ano. O número se aproxima rapidamente do total de mortes em confronto registrado em 2017, quando foram registrados 15 casos na Capital. Nesse mesmo período, que engloba todo ano passado e os primeiros 116 dias de 2018, nenhum policial foi morto em confronto em Florianópolis. 

Mortes violentas na Capital (até 16/4):

Homicídios - 37

Latrocínio - 1

Lesão corporal seguida de morte - 0

Confronto policial - 12

Total: 50

PM ferido em confronto no Morro do Horácio

Também na segunda-feira, por volta das 10h40, uma guarnição do Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM-SC fazia uma incursão no Morro do Horácio, no bairro Agronômica, quando foi surpreendida por um grupo de criminosos. Houve confronto e um policial foi atingido de raspão, sem gravidade. Ninguém foi preso pelo crime até o momento. 


 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCCães e gatos de rua ganham mais proteção em Florianópolis  https://t.co/cY3CqjlL2Ohá 54 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCProjeto Tamar faz palestra gratuita na Lagoa da Conceição, nesta quarta-feira. https://t.co/Aavahw0Jtphá 1 horaRetweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca