Homem é indiciado por assassinato de mulher em Santo Amaro da Imperatriz - Polícia - Hora

Versão mobile

 

Crime hediondo05/04/2018 | 10h39Atualizada em 05/04/2018 | 11h49

Homem é indiciado por assassinato de mulher em Santo Amaro da Imperatriz

Suspeito estava preso cautelarmente e agora será réu em processo criminal

Homem é indiciado por assassinato de mulher em Santo Amaro da Imperatriz Polícia Civil/Divulgação
Foto: Polícia Civil / Divulgação
Hora de Santa Catarina
Hora de Santa Catarina

redacaohsc@somosnsc.com.br

Pouco mais de dois meses depois do assassinato de uma mulher na localidade de Cobrinha de Ouro, em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, o principal suspeito do crime hediondo foi indiciado pela Polícia Civil de Santa Catarina e poderá ir a júri popular.

A Polícia Civil concluiu, nesta semana, o inquérito para apurar as circunstâncias de homicídio ocorrido no dia 6 de janeiro deste ano, no qual uma mulher foi encontrada morta com um disparo de arma de fogo na região da cabeça. As investigações tiveram sucesso em angariar provas para identificar o autor do crime, bem como para descobrir as circunstâncias e a motivação. 

O inquérito foi realizado em três etapas distintas, possibilitando a localização de roupas, acessórios e a motocicleta utilizada pelo assassino no dia dos fatos. O homem identificado apenas como W.S.M., que estava preso cautelarmente há dois meses, agora foi indiciado pelo delito de homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e por meio que dificultou a defesa da vítima, e poderá ir a júri popular.

Relembre o caso

No dia 6 de janeiro o corpo de uma jovem de 22 anos foi encontrado por populares próximo à cachoeira da Cobrinha de Ouro, no bairro Braço do São João, em Santo Amaro da Imperatriz. A vítima foi morta com um tiro na cabeça e, segundo o delegado Rodrigo Mayer, era usuária de drogas e morava com os pais em Palhoça.

Durante as investigações, a polícia conseguiu imagens de segurança que mostraram o suspeito e a vítima em uma moto indo até a cachoeira. Momentos depois, a mesma moto aparece retornando, mas com apenas uma pessoa. Segundo o delegado, pelas imagens foi possível ver o relógio e a roupa que o suspeito usava, além das tatuagens. 

— As informações que temos é que ele montou uma emboscada para a vítima. Ele teria convidado ela para consumir drogas naquele local e ela foi voluntariamente, mas foi uma emboscada — disse Mayer no começo das investigações. 

Leia mais notícias da Grande Florianópolis

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCLateral do Figueirense presta solidariedade a Betinho, que se recupera de cirurgia. https://t.co/QcRu97Khl9há 1 horaRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCConfira a situação do transporte coletivo e outros serviços durante o sábado em SC. https://t.co/Ou1dPnexX3há 2 horas Retweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca