Homicídio, bala perdida e ataques a bases policiais marcam madrugada na Grande Florianópolis - Polícia - Hora

Versão mobile

 

Polícia04/08/2018 | 13h49Atualizada em 04/08/2018 | 18h43

Homicídio, bala perdida e ataques a bases policiais marcam madrugada na Grande Florianópolis

Polícia Civil investiga eventual relação entre os casos

Homicídio, bala perdida e ataques a bases policiais marcam madrugada na Grande Florianópolis Melk Travassos / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Prédio do Batalhão da PM no bairro Fazendo do Max, em São José, foi alvejado por cerca de 30 tiros Foto: Melk Travassos / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Um homicídio, dois ataques a bases da Polícia Militar (PM) e o ferimento de um adolescente de 17 anos, atingido por uma bala perdida, marcaram a madrugada deste sábado na Grande Florianópolis. A Polícia Civil investiga eventual relação entre os ataques aos prédios da PM; ninguém ficou ferido em ambos os casos.

Por volta de 3h deste sábado (4), um homem de 43 anos foi assassinado quando conduzia um Renault Clio preto a caminho de sua casa, na rua Manoel Porto Filho, em Forquilhinhas, São José, conforme informações da Central de Polícia de São José. Identificado como Edson Lorencir Bernardo, a vítima levou cerca de 20 disparos de pistola. Um dos tiros atingiu um adolescente de 17 anos que mora em uma casa vizinha. O garoto— que estava acordado, utilizando o computador — ficou ferido e foi encaminhado ao Hospital Regional. O seu estado de saúde não foi informado. 

Ainda em São José, cerca de 45 minutos depois, o prédio do 7º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Fazenda do Max, foi alvejado por cerca de 30 disparos de pistola. Todos os tiros atingiram a parede do prédio. Após o ataque, o carro seguiu em direção à BR-101. As informações foram repassadas pela Polícia Civil. 

Por volta do mesmo horário, disparos também atingiram a base insular da PM, localizada nas proximidades das pontes Pedro Ivo e Colombo Salles, em Florianópolis. Os tiros vieram do interior de um veículo.  Posteriormente, por meio de câmeras de monitoramento, a PM confirmou que o veículo utilizado na ação foi um Citröen C3 apreendido na região da Prainha. Dentro do carro, que tinha registro de roubo, a PM encontrou quatro munições de pistola 9mm deflagradas.

Até o início da tarde deste sábado (4), ninguém havia sido preso pelos crimes. 

 

Siga Hora no Twitter

  • horasc

    horasc

    Hora de SCEmbaixador do carisma: Guga recebe título inédito de Roland Garros https://t.co/mHhtxhfuHrhá 27 minutosRetweet
  • horasc

    horasc

    Hora de SCJuíza rejeita recurso contra retirada de restaurantes no Costão do Santinho https://t.co/zXGhnsZdZ6há 57 minutosRetweet

Veja também

Hora de Santa Catarina
Busca